segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

Como sobreviver a um sismo ?







Existem certas medidas que podem ajudar a prevenir um sismo, como actuar durante um sismo e como actuar depois de um sismo.


Prevenção:

Tente informar-se sobre os desastres sísmicos que poderão acontecer no local onde vive;

Certifique-se que existem planos de emergência no seu local de trabalho e nas escolas dos seus filhos;

Exija aos responsáveis do seu local de trabalho a realização de exercícios de emergência;

Apoie programas de preparação para actuação em caso de um sismo;

Estude com a sua família um plano de emergência e quais são os locais de maior segurança em sua casa;

-Se vive num prédio/apartamento:

Ensine aos seus familiares a localização das saídas de emergência e mostre como se liga o alarme de incêndio;

Mantenha num local visível e de fácil acesso:
-Uma muda de roupa por pessoa e um calçado confortável;
-Rádio a pilha;
-Cobertores ou sacos -de-cama;
-Vários conjuntos de pilhas de reserva e de artigos de higiene pessoal;
-Estojo de primeiros socorros e medicamentos básicos;
-Mochila ou saco de transporte;
-Documentos importantes, ou pelo menos uma cópia;
-Água engarrafada (1litro por pessoa);
-Mantenha-se acessível junto ao telefone, uma lista actualizada de contactos como o da polícia, bombeiros, hospital, etc.


Durante:

-No interior de um edifício:

É melhor não tentar sair de casa porque assim arrisca-se a ser atingido, pela queda de objectos;

Permanecer calmo e prestar atenção aos objectos que possam cair;

Afasta-se das janelas, vidros, varandas ou chaminés;

Abrigue-se num local seguro, por exemplo, no vão de uma porta ou debaixo de uma mesa pesada ou de uma secretária;

-Se estiver num edifício alto:

Não utilize o elevado pois a electricidade pode faltar e provocar a sua paragem;

Se estiver a abandonar o edifício procure refúgio numa área aberta;

Afaste-se de postes, candeeiros; cabos de electricidade ou de estruturas que possam desabar;

Não corra;

-Se for a conduzir um automóvel:

Pare no lugar mais seguro possível, de preferência numa área aberta, afastada de edifícios;

Permaneça dentro do carro até que o sismo termine.

Depois:

Permaneça calmo;

Verifique se existem feridos, e se existirem, ajude-os;

Não tente remover pessoas seriamente feridas a não ser que elas estejam em perigo;

Preste atenção e siga as instruções dadas pela rádio ou pela televisão;

Mantenha-se afastado de edifícios danificados, pois poderá haver ocorrência de possíveis réplicas (abalos mais pequeno);

Colabore com os serviços de socorro, agentes de protecção civil que estejam a recolher informação sobre o ocorrido.

domingo, 15 de Fevereiro de 2009

Anti-Sísmico


As catástrofes sísmicas não são muito frequentes, apesar disto a probabilidade da ocorrência de um sismo com consequências graves na nossa região ainda é bastante elevada. Os Sismos continuarão a ocorrer principalmente em zonas onde já foi anteriormente registada actividade sísmica, o que não quer dizer que não ocorram noutras zonas. Assim sendo, propomos de seguida algumas medidas caso ocorra um sismo na tua região:

O que podes fazer antes que ocorra um sismo? (medidas de prevenção)

Informa-te sobre os desastres sísmicos que poderão ocorrer na região onde vives.
• Assegura-te de que existem planos de emergência na tua escola, local de trabalho etc..
• Informa-te sobre ele e exige aos responsáveis a realização de exercícios de emergência.
• Apoia programas de preparação para actuação em caso de tremor de terra. As escolas e as organizações cívicas podem fornecer um serviço altamente benéfico, neste aspecto.
• Estuda e procura com a tua família ou com as pessoas que vivem contigo quais os locais mais seguros em tua casa, onde te possas refugiar se houver um sismo
• Se vives num edifício de apartamentos ensina os teus familiares a localização das saídas de emergência e mostra como se liga o alarme de incêndios.




O que podes fazer DURANTE um sismo?


• Normalmente é melhor não tentares sair de casa antes do final do Sismo pois podes ser atingido com objectos, pedras ou com bocados de casas
• Permanece calmo e presta atenção ao estuque, tijolos, prateleiras ou outras estruturas ou objectos que possam cair.
• Afasta-te de janelas, vidros, varandas ou chaminés.
• Abriga-te rapidamente num local seguro, por exemplo, no vão de uma porta interior firmemente alicerçada, debaixo de uma mesa pesada ou de uma secretária; se não existir mobiliário sólido, encosta-te a uma parede interior ou a um canto e protege a cabeça e o pescoço.
• Se estiveres num edifício alto, não procures sair imediatamente pois as escadas podem estar cheias de pessoas em pânico e/ou haver troços de escada que ruíram;
• Não utilizes o elevador pois a electricidade pode faltar e provocar a sua paragem;
• Se estiveres num local amplo com muitas pessoas ou numa sala de espectáculos não se dirija para a saída pois muitas outras pessoas podem ter tido essa ideia. Opta sempre pela saída de Emergência
• Afasta-te de torres, postes, candeeiros de iluminação pública, cabos de electricidade ou de estruturas que possam desabar, como muros ou taludes; não corras nem vagueie pelas ruas.
• Se fores a conduzir um automóvel, para no lugar mais seguro possível, de preferência numa área aberta, afastada de edifícios, muros, taludes, torres ou postes. Não pares nem vás para pontes, viadutos ou passagens subterrâneas. Permanece dentro da viatura até que o sismo termine.


O que deves fazer DEPOIS do Sismo?

• Caso o local tenha ficado em condições de pré-colapso tenta sair e ajudar os outros a sair com o maior cuidado possível.
• Desliga assim que possível o gás, electricidade e água.
• Não utilizes fósforos, isqueiros ou qualquer outro instrumento de chama descoberta e não uses interruptores de electricidade sem te teres assegurado primeiro que não há e que não houve fuga de gás; utiliza antes uma lanterna eléctrica.
• Pequenas faíscas quase imperceptíveis resultantes do uso de interruptores podem provocar a ignição do gás proveniente das canalizações quebradas. Se sentires cheiro a gás dentro de casa abre as janelas e evacua as imediações por medida de segurança.
• Posteriormente verifica cuidadosamente as condições de abastecimento.
• Limpa produtos tóxicos e/ou inflamáveis que tenham sido derramados.
• Verifica se os canos de esgoto estão em bom estado. Peça ajuda a técnicos especializados se necessário.
• Se não souberes avaliar pede ajuda especializada por esses mesmos canais de comunicação. Se estiveres no exterior Previne-te contra réplicas sísmicas. Não entres nas zonas mais atingidas a não ser que a tua presença seja necessária.
• Não toques em cabos de electricidade derrubados ou em quaisquer objectos que estejam em contacto com eles Não consumas água da rede pública pois pode não estar em condições de ser consumida Não circules de carro para inspeccionar as destruições causadas pelo sismo a fim de não dificultares as acções de socorro, bombeiros ou ambulâncias. Os trabalhos de desaterro só devem começar quando não houver perigo de novos desmoronamentos (pode haver réplicas) Para a execução dos trabalhos usa um calçado resistente e protege a cabeça com um capacete ou um objecto resistente. Não reocupes edifícios com grandes estragos.




Retirado e Adaptado do Instituto de Meteorologia
Andrei Naggi
Inês Tlemçani
David Rosmaninho

sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

Medidas de Protecção de Riscos Sísmico

Os sismos parecendo que não, não são uma realidade muito distante pois estes podem acontecer a qualquer altura em qualquer lugar.
Os sismos continuaram a perturbar a Humanidade e isso é certo, logo, mais vale estarmos prevenidos para estes, de maneira a reduzir o seu impacto e os seus danos.
Por isso é importante ter em consideração medidas de prevenção e minimização, assim como medidas de auto-protecção, em caso de ocorrência de sismos.





Medidas a ter em consideração:
1-Antes de Um Sismos
2-Durante a ocorrência de um Sismo
3-Depois de Um Sismo






1- Medidas a tomar antes de um Sismo:

-Organizar um Plano de Emergência: Sertifiacar que todos sabem o que fazer e o que não fazer no caso de ocorrencia de um sismo. Sendo aconselhavel libertar os corredores e passagens com o objectivo de facilitar a deslocação e a combinação de um local de encontro em caso de os menbros de uma respectiva familia se desencontrarem durante a ocorrencia do sismo.

-Organizar um Kit de Emergência: Reunir uma lanterna, um radio portátil e pilhas de reserva para ambos, bem como um extintor e um estojo de primeiros socorros. Armazenar ainda água em recipientes de plástico e alimentos enlatados para varios dias.

- Fixar as estantes às paredes e colocar os objectos pesados, ou de grandes volumes, no chão ou nas estantes mais baixas. Desligar a electricidadee cortar a água e o gás.

- Ter em conta os locais mais seguros e os mais perigosos:

- Os mais Seguros:

- Vão de portas interiores.
- Cantos de paredes mestras.
- Debaixo de mesas e de camas.

- Os Mais Perigosos:

- Junto de Janelas, espelhos candeeiros, móveis e outros objectos que possam cair ou estilhaçar.
- Elevadores e saídas para a rua, evitar também as escadas.






2- Medidas a tomar Durante a Ocorrência de um Sismo:

Permanecer calmo, ter atenção ao comportamento das pessoas que nos rodeiam, pois o comportamentos destas é bastante diferente e perigoso devido a ocorrência do sismo.

- É aconselha-do em não tentar sair de casa, se se encontrar numa, a fim de evitar o risco de ser atingido pela queda de objectos, durante a fuga.

- Permanecer calmo e prestar atenção a objectos, tijolos, prateleiras ou outras estruturas ou objectos que possam cair.

- Manter a distancia de janelas, vidros, varandas ou chaminés.

- Procurar abrigo rapidamente num local seguro, por exemplo, no vão de uma porta interior firmemente alicerçada, debaixo de uma mesa pesada ou de uma secretária, em caso de não existir mobiliário sólido, procurar uma parede interior ou um canto e proteger a cabeça e o pescoço.

- Se se encontrar num edifício alto, não procure sair imediatamente pois as escadas podem estar cheias de pessoas em pânico e/ou haver troços de escada que ruíram.

- Não utilizar o elevador pois a electricidade pode faltar e provocar a sua paragem.

- Num local amplo com muitas pessoas ou numa sala de espectáculos não se dirija para a saída pois essa é a reacção inicial da maior parte das pessoas.

- Procurar abrigo debaixo de uma mesa, de uma secretária ou no vão de uma porta.

- Em caso de abandonar o edifício faça-o cuidadosamente prestando atenção à possível queda de objectos. Procurar com serenidade refúgio numa área aberta, longe dos edifícios, sobretudo dos velhos, altos ou isolados que possam ruir.

- Afastar-se de torres, postes, candeeiros de iluminação pública, cabos de electricidade ou de estruturas que possam desabar, como muros ou taludes; não correr nem vagueiar pelas ruas.Se estiver a conduzir um automóvel, pare no lugar mais seguro possível, de preferência numa área aberta, afastada de edifícios, muros, taludes, torres ou postes. Não vá para pontes, viadutos ou passagens subterrâneas.

- Permanecer dentro da viatura até que o sismo termine.





3- Medidas a tomar após a ocorrência de um Sismo:

- Manter a calma.

- Não fumar dentro de uma habitação nem acender fósforos ou isqueiros pois pode haver fugas de gás.

- Cortar a água, o gás e a electricidade.

- Utilizar lanternas e pilhas.

- Ligar o rádio e cumpir as recomnedações que forem fornecidas.

- Limpar os produtos inflamáveis que tenham sido derramados, como o álcool ou tintas.

- Não utilizar o telefone, excepto em caso de extrema urgência, como feridos graves, fugas de gás ou incêndios.

- Não circular pelas ruas com o simples objectivo de observar o sucedido, pois as ruas têm de estar libertadas para viaturas de socorro.




Trabalho Realizado por:
- João Jacinto nº16
- Pedro Pereira nº24
- João Marreiros nº 15